O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Quinta-Feira, 20 de Junho de 2024 08:56

Festa de São Marcelino Champagnat começa nesta terça-feira (28) em Surubim

27/05/2024

Capela de São Marcelino Champagnat começou a ser construída em 1999 (Foto: Reprodução/ Google Imagens)

Começa nesta terça-feira (28) a Festa de São Marcelino Champagnat, no bairro São José, em Surubim. O evento comemora os 25 anos da capela dedicada ao santo e tem como tema: “Com São Marcelino somos igreja: luz dos povos. A programação terá início com a procissão da bandeira que sairá às 18h30, da residência do casal Wedna Silva e Luiz Gonzaga, localizada na Rua Alice Barbosa, N.º 46, no bairro São José, próximo ao Anel Viário.

A novena e as celebrações eucarísticas serão realizadas até o dia 5 de junho sempre às 19h. No dia de São Marcelino Champagnat, 6 de junho, às 18h30, haverá a procissão saindo da residência da professora Adélia Bastos Leal, na Rua Miguel Farias dos Santos, N.º 06 (ao lado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais), em direção à capela. Após a chegada do cortejo será celebrada missa presidida pelo bispo Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena com a animação litúrgica do Ministério Filhos da Misericórdia.

Capela foi a primeira no mundo construída após canonização

A capela de São Marcelino Champagnat em Surubim foi idealizada pelo professor e ex-irmão Marista, Osvaldo Leal, falecido em janeiro do ano passado aos 89 anos. Após se aposentar em 1996 como professor do Colégio Marista Pio XII, ele fundou o Movimento Champagnat da Família Marista de Surubim e a partir desta mobilização, idealizou e liderou a construção da Igreja de São Marcelino Champagnat, o primeiro templo no mundo a ser edificado após a canonização do religioso, em 1999. O santuário é semelhante ao da aldeia em que São Marcelino Champagnat nasceu, Rosey, zona rural de Marlhes, na França. A idéia surgiu na viagem que professor Osvaldo fez com a esposa à Europa, para acompanhar a cerimônia de canonização, no Vaticano.

“Osvaldo trouxe fotografias do berço da congregação em Rosey, na França, ele teve a oportunidade de ir, por ocasião da canonização, juntamente com a professora Adélia, fotografou tudo e fez do mesmo jeito em Surubim, só que a de Surubim é três vezes maior do que a de lá que eu também conheço”, afirma o irmão Marista Gerson de Lima, ex-diretor do Colégio Marista Pio XII.

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *