O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Quinta-Feira, 8 de Junho de 2023 05:56

Partituras de Capiba que foram restauradas voltam para Surubim; cerimônia de entrega será no dia 20/04

14/04/2023

Capiba se consagrou principalmente por suas composições de frevo (Foto: Google Imagens/ Reprodução)

Da Associação Cultural Capiba/ Página 21

Dono de uma produção musical das mais profícuas e variadas, Lourenço da Fonseca Barbosa (Surubim, 1904 – Recife, 1997) o Capiba, se consagrou principalmente por suas composições no gênero que se tornaria o mais representativo da música urbana do Recife: o frevo. Mas, Capiba, não se restringiu apenas a esse estilo musical e em suas composições incursionou por valsas, maracatus, sambas, guarânias, modas, canções, foxtrotes, baiões, batuques, cirandas, dobrados, toadas, choros, além de integrar o movimento Armorial.

Capiba é, de fato, considerado um dos mais importantes e influentes compositores da música pernambucana do século XX. Suas composições foram gravadas por músicos consagrados da história da música denominada “popular” brasileira como Agostinho dos Santos, Alceu Valença, Almirante, Araci de Almeida, Caetano Veloso, Chico Buarque, Ciro Monteiro, Claudionor Germano, Dilermando Reis, Dircinha e Linda Batista, Elza Soares, Francisco Alves, Gal Costa, Geraldo Azevedo, Guerra-Peixe, Heraldo do Monte, Jair Rodrigues, João Bosco, Lia de Itamaracá, Luiz Gonzaga, Lula Cortes, Maria Bethânia, Maysa, Nélson Gonçalves, Ney Matogrosso, Originais do Samba, Paulinho da Viola, Raphael Rabello, Sílvio Caldas, Sivuca, Lenine, Antônio Carlos Nóbrega, só pra citar alguns dos mais de 176 intérpretes de sua obra.

Observa-se que o compositor constituiu ao longo do tempo uma significativa trajetória, documentada num numeroso e diversificado acervo onde se encontram os registros de sua produção sobre vários tipos de suporte, desde os primórdios de sua carreira até o fim de sua vida, compondo uma fonte documental imprescindível para o desenvolvimento de pesquisas acerca da sua obra, sua vida, seu tempo. Capiba representa uma referência inegável da nossa cultura. O acervo documental encontrado na casa de sua viúva, Zezita Barbosa, nos permite identificar seu valor histórico. Trata-se muito mais de que conservar um documento, o mais autêntico possível, para uma futura atividade de restituição histórico-artística. Destaca-se, portanto a importância deste acervo enquanto bem cultural.

Imbuídos de tamanha responsabilidade cultural, a Página 21, produtora sediada em Recife- PE, de comum acordo com a Associação Cultural Capiba, propôs a parceria por meio do seu atual presidente, mestrado na obra de Capiba na UNIRIO, Lucas Guerra, a formatação do projeto: Capiba – Preservação e Difusão.

O Capiba – Preservação e Difusão, priorizou inicialmente trabalhar o acervo de suas partituras originais mais desgastadas, a partir do inventário, conservação, acondicionamento, digitalização e criação de site visando a difusão pública desse precioso material, objetivando salvaguardar parte da obra do compositor, sensibilizar instituições públicas, privadas e público em geral quanto a necessidade da preservação e restauro de todo o acervo musical, difundir a obra do compositor, colaborar com a identidade cultural do povo brasileiro.

Sobre o achado

Encontramos diversos gêneros musicais, como: samba, samba carnavalesco, samba choro à moda carioca, choro, tango, tango argentino, maracatu, marcha, marcha rancho, marcha carnavalesca, maxixe, frevo-canção, canção afro-brasileira, foxtrote.

E ainda partituras de poemas musicados pelo compositor, de autores renomados, como: Manuel Bandeira, Carlos Pena Filho, João Cabral de Melo Neto, Ascenso Ferreira, Castro Alves, Ariano Suassuna, Vinicius de Morais, Ferreira dos Santos, Alphonsus de Guimarães, Esther Sterenberg, Mauro Mota, José Laurentino de Melo, Jorge de Lima, Jayme Griz. Encontramos também uma composição em homenagem ao importante violonista, João Pernambuco.

E outra dedicada a Henrique Annes, violonista falecido recentemente. Verificou-se numa página de frente de uma partitura, o endereço da cantora e pesquisadora, Inezita Barroso, em outra, o nome da famosa cantora, Carmélia Alves.

Curiosidade: Capiba afirma em texto que em 1925, já usava a palavra FREVO em duas músicas de sua autoria, são elas: “Pia pra cara” e “Vela branca no frevo” (esta dedicada ao amigo, Josué Moura). O curioso é que mesmo sendo frevos pernambucano, dá entender, que ele as fez quando morava em Campina Grande (PB), chamando-as de “Marchas Pernambucanas”. Anos depois, em 1977, já morando em Recife, Capiba, as reconstituiu incluindo os instrumentos, pistom bombardino e trombone.

Após o trabalho minucioso das restauradoras, estamos devolvendo, com muita honra e satisfação, devidamente conservadas e digitalizadas, parte do acervo que inclui partituras de 130 músicas, perfazendo 930 páginas de partituras transcritas pelo compositor Capiba, lhes proporcionando sopros de vida!

Neste sentido a Associação Capiba e a Página 21, em parceria com a Prefeitura de Surubim e a Câmara de Vereadores de Surubim vem convidá-los para fazer parte da solenidade de entrega das partituras ao acervo de Capiba, que tem como detentora a senhora Zezita Barbosa.

A cerimônia será no dia 20 de abril de 2023, às 10:00, no Centro Cultural Drº José Nivaldo (Casa das Juventudes de Surubim), R. Cônego Benígno Líra, s/nº Surubim – PE, 55750-000

O projeto tem incentivo do Funcultura, Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco. Apoio do Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico de Pernambuco – IAHGPE, CEPE, Art Restauro, Associação Cultural Capiba. Produção da Página21.

Equipe:

Coordenação: Lucas Guerra e Página 21. Curadoria Musical: Lucas Guerra.
Produção, documentação e comunicação: Amaro Filho (988719261). Produção executiva: Claudia Lisboa.
Técnica em conservação e restauro: Luanda Andrade e Vânia Cândido. Consultoria em arte, conservação e restauração: Debora Mendes.
Realização: Página 21 / ASSOCIAÇÃO CULTURAL CAPIBA – ACC

Contato: Amaro Filho – (81) 988719261

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *