O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021 02:12

Pelo segundo ano consecutivo, Festa de São José em Surubim é realizada com restrição de público

11/03/2021

Procissão da bandeira: andor percorreu ruas da cidade em um veículo acompanhado por um carro de som (Foto: Reprodução/ Facebook/ Paróquia de São José)

A Festa de São José, padroeiro de Surubim, teve início nesta quarta-feira (10), e pelo segundo ano consecutivo, acontece com restrição de público devido à pandemia de Covid-19. O programa da festa, divulgado na versão impressa, teve que ser alterado por causa das novas regras de combate ao coronavírus anunciadas semana passada pelo Governo do Estado. Para se adequar às normas, a tradicional novena, sempre realizada às 19h, foi transferida para às 17h, exceto no sábado (13) e domingo (14). Para compensar a limitação do público na igreja, a quantidade de missas foi aumentada. Além da celebração da novena, outras duas missas são realizadas às 7h e às 12h, diariamente. No final de semana, o horário muda e as celebrações serão com portas fechadas, com transmissão pelas redes sociais da Paróquia (Facebook, YouTube e Instagram) e emissoras de rádio da cidade. Haverá apenas uma missa no sábado, às 19h. Já no domingo, as celebrações ocorrem às 7h, 9h e 19h.

No dia do padroeiro, 19 de março, os fiéis poderão comparecer à igreja, mas em número limitado, para acompanhar as celebrações que acontecem às 7h, 10h e 15h. Às 16h, será realizada a procissão com a imagem de São José, adotando o mesmo formato da procissão da bandeira, que ocorreu no primeiro dia do evento: apenas um veículo com o andor e um carro de som, percorrendo as principais ruas da cidade.

História

A Festa de São José é considerado o mais antigo evento religioso de Surubim. A Paróquia tem 133 anos de fundação, mas antes de ser criada, a devoção ao santo já existia desde a época em que as terras que deram origem ao município eram apenas uma fazenda pertencente aos herdeiros de Lourenço Ramos da Costa. Os primeiros registros de homenagens a São José naquela propriedade rural, datam de 1864, quando foi construído um oratório dedicado ao santo, onde o padre português Antônio Alves da Silva celebrava missas aos domingos. No entorno do oratório surgiram as primeiras casas e em 1878 foi construída uma capela. Dez anos depois a paróquia foi fundada.

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *