O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019 06:54

Surubim registrou oito homicídios no 1.º semestre deste ano

05/07/2019

A Secretaria de Defesa Social (SDS), só irá divulgar o número oficial de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), referentes ao mês passado, no dia 15 de julho, mas conforme levantamento da Editoria de Polícia do Correio do Agreste, Surubim registrou no 1.º semestre do ano oito assassinatos. A contagem foi feita com base nos números apresentados pela SDS até maio, somando-se com o único homicídio registrado em junho.

Conforme os dados da secretaria, o mês mais violento do ano até agora foi abril, com três homicídios. Em março não foi registrado nenhum. Janeiro contabilizou 1, fevereiro 2, e maio 1. No ano passado, ocorreram 19 assassinatos em Surubim, segundo a SDS.

O crime mais recente ocorrido na cidade, teve como vítima um comerciante. Ele foi assassinado na madrugada da sexta-feira (14/6), no Sítio Gangungo, zona rural de Surubim. Bandidos invadiram a casa da vítima, identificada como Joel da Silva Barbosa, de 38 anos, amarraram-lhe os pés e as mãos, e em seguida praticaram o homicídio efetuando um disparo de arma de fogo na nuca dele.

O corpo só foi encontrado nas primeiras horas da manhã, quando parentes e vizinhos perceberam a porta da residência aberta e resolveram entrar no local. A casa estava com todos os móveis revirados. Uma motocicleta que pertencia à vitima também foi levada do local. Joel era pecuarista. Além de criar, negociava constantemente com animais. A suspeita é de que os criminosos tenham invadido o imóvel à procura de dinheiro proveniente da venda de gado. Até agora não há informações sobre os suspeitos do crime.

Morte de Eletricista de Automóveis

Em junho, no dia 28, um eletricista de automóveis foi encontrado morto mas o caso não foi de assassinato já que ele faleceu após pular o muro da própria residência. O fato aconteceu na Rua das Pedras, no Bairro Bela Vista. De acordo com familiares, Pedro Rogério França dos Santos, 44 anos, mais conhecido por “Neném” após encerrar o expediente, comemorou com os amigos, na oficina em que trabalhava, o seu aniversário de 44 anos. Ao voltar para casa, ele percebeu que havia esquecido a chave e que não havia ninguém no imóvel para abrir a porta, então decidiu, pular o muro da residência, caiu de cabeça, sofreu uma fratura no pescoço e teve morte imediata.

Confira o número de homicídios de 2004 a 2018 em Surubim e os outros municípios do Estado, clicando aqui

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *