O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Segunda-Feira, 6 de Dezembro de 2021 11:50

Memória: História política de Surubim perde Betão

14/10/2021

Biólogo e professor, Carlos Roberto da Silva, Betão, foi presidente do histórico PMDB surubinense (Foto: Reprodução/ WhatsApp)

Morreu de enfarte no Hospital Santa Efigênia de Caruaru no dia 12 de outubro, aos 70 anos, o biólogo e professor Carlos Roberto da Silva, Betão, ex-presidente do histórico PMDB surubinense.

Ele dirigia o partido num dos momentos mais conturbados da política municipal, quando ainda os militares ocupavam o comando administrativo do país. Nesse período, em 21 de fevereiro de 1987, a principal liderança local contra a ditadura, o vereador do PMDB Evandro Cavalcanti foi assassinado. Betão soube conduzir os destinos de sua agremiação partidária e mobilizar a Justiça e as forças populares, conjuntamente com os sindicatos de trabalhadores rurais, para elucidação desse crime e punição dos culpados.  

Em 1990 foi o primeiro diretor eleito por processo democrático do Instituto de Ciências Biológicas da UPE cargo que exerceu por dois mandatos e do qual se afastou em decorrência de problemas de saúde. Durante sua gestão o curso de Ciências Biológicas passou a ser reconhecido como faculdade de curso próprio. Publicamos Nota de Pesar emitida pela comunidade acadêmica dessa instituição onde se ressaltam sua liderança e seu empenho por essa importante conquista. (Clique aqui para ler)

Sua existência foi marcada a partir do dia 9 de fevereiro de 1997, por uma heroica resistência na luta pela vida, pois, nesse ano, teve o primeiro AVC de outros quatro de que foi vítima. Em decorrência desse fato, aposentou-se das funções de professor do Instituto de Ciências Biológicas da UPE. 

Há aproximadamente 15 anos passou a residir na cidade de Santa Maria do Cambucá terra natal de sua esposa Vânia Almeida, de tradicional família local, tendo recebido o título de cidadão desse município em reconhecimento pela sua importante trajetória de vida. 

Após seu falecimento teve seu corpo velado na Câmara de Vereadores de Santa Maria desde o dia 12 de outubro até a manhã do dia seguinte, quando seguiu para sua terra natal, Surubim, onde foi sepultado no cemitério São José acompanhado por familiares e amigos que lhe foram prestar as últimas homenagens. Carlos Roberto da Silva deixou esposa, três filhos e três netos. Em depoimento concedido ao Correio do Agreste o escritor José Nivaldo Junior traça um emocionante perfil do caráter de Betão que transcrevemos a seguir: 

BETÃO: UM HOMEM GRANDE DE ALMA ENORME

José Nivaldo Junior

Amigo da infância, Betão foi um dos seres humanos de espírito mais elevado que conheci. Um cara que transpirava generosidade e solidariedade  que sempre  pensava  no nós, antes do eu. Durante certa época,  nossa convivência se estreitou. Pude conhecer melhor os meandros da alma e do pensamento de um ser humano talhado para servir a humanidade. Betão nunca me procurou com nenhum assunto que fosse do seu interesse ou do interesse específico de uma pessoa. Suas causas eram sempre coletivas, voltadas para o bem da comunidade, especialmente de Surubim. Dizem que jarro ruim não quebra. Betão era jarro bom. Trincou cedo, traído pela doença. Tive notícia do seu primeiro acidente vascular numa sexta de Carnaval, há muitos anos. Mudou-se para seu último e definitivo refúgio em Santa Maria do Cambucá, onde ao lado de Vânia e dos filhos empreendeu uma exemplar luta pela sobrevivência. Falha irreparavel na minha existencia: nunca fui visitá-lo. Estivemos juntos duas ou três vezes, geralmente nos lançamentos dos meus livros, em Surubim, aos quais fazia o esforço de comparecer.

Hoje, distante muitas e muitas léguas, com agenda de compromissos e já plantado a 3 mil quilômetros de distância, vou faltar ao seu último adeus.

Mas fica meu testemunho de que Betão provou que nem todo ser humano é um poço de egoísmo. Recorro a Fernando Pessoa: Betão teve uma existência que valeu a pena porque sua alma não era pequena.

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *