O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Domingo, 23 de Setembro de 2018 08:49

Homenagens marcam Benção e Desfile dos Vaqueiros em Surubim

10/09/2018

Integrantes do Quinteto Violado recebem homenagem das mãos da prefeita Ana Célia (Foto: Alian Aragão/ Divulgação)

Pelo 25.º ano consecutivo, foi realizada em Surubim, a Benção e Desfile dos Vaqueiros. Anualmente, o evento acontece no último domingo que antecede a Vaquejada, abrindo a semana em que é realizada a festa mais famosa do município. Os vaqueiros se concentram no Parque J. Galdino onde recebem uma benção na frente da capela e saem em desfile pelas ruas da cidade até a Rua João Batista.

Nas edições anteriores, foram prestadas homenagens principalmente aos “profissionais da cela”, que recebiam troféus (o mais idoso, o mais jovem, o mais caracterizado, etc…) mas este ano a Prefeitura, ampliou as honrarias, criando novas categorias.

Na “Musicalidade das Vaquejadas” foram agraciados, Sirano e Sirino, Quinteto Violado, Maré Malta e Gyl Alencar. Todos esses artistas gravaram músicas cantando a Vaquejada de Surubim. A mais antiga e também a mais conhecida, é “Vaquejada”, do Quinteto Violado, lançada em 1973. O grupo fez questão de vir à Surubim para receber a homenagem neste domingo (9) e brindou o público com uma apresentação.

Após a benção no Parque J. Galdino, centenas de vaqueiros desfilaram pelas ruas da cidade (Foto: Alian Aragão/ Divulgação)

Na categoria “Cultura e Tradição”, a reverência foi para a Família Galdino, proprietária do Parque J. Galdino, que desde 1972 realiza a “corrida de gado” no município mantendo uma tradição que teve início em 1937.

O escritor Fernando Guerra, editor-chefe do Correio do Agreste, foi condecorado com o troféu na categoria “Memórias das Vaquejadas”, pelo lançamento do livro “Memória das Vaquejadas de Surubim”, que não só resgatou a história da festa mais tradicional da cidade, como também provou com uma extensa documentação, ser a Vaquejada de Surubim a mais antiga do país.

Como “Locutor das Vaquejadas”, a homenagem foi para Zito Barbosa, narrador nascido na vizinha cidade de Santa Maria do Cambucá e falecido em 2013, que ganhou fama nacional pelo seu trabalho. Na “Comunicação das Vaquejadas” receberam a distinção, as três emissoras de Rádio da cidade: Surubim AM, Integração FM e Pop FM, pela divulgação da Vaquejada nas suas programações. Já na categoria “Artesanato das Vaquejadas”, foram homenageados os artesãos já falecidos Biu Celeiro, Josino Pereira Duarte e Zé Salu.

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *