O jornal mais antigo em circulação do Agreste Setentrional de Pernambuco

Sábado, 16 de Dezembro de 2017 11:06

Armando reúne lideranças de 30 municípios em Surubim

Lideranças políticas da região como o ex-prefeito de Surubim Túlio Vieira e a ex-prefeita de Casinhas Rosineide Barbosa compareceram ao encontro (Foto: Fernando Guerra)

Em uma reunião que contou com a presença de representantes de 30 municípios do Agreste e Mata Norte, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) convocou as lideranças para construir um novo projeto político para Pernambuco, encerrando o ciclo de 12 anos do PSB à frente dos destinos do Estado. O encontro, ocorrido neste domingo (26), no Rancho Paratí em Surubim, de propriedade do casal Jeová e Joana Leal, reuniu mais de 200 pessoas, entre prefeitos, ex-prefeitos, deputados federais e estaduais, vereadores da região e lideranças. Na ocasião, o petebista colocou-se à disposição para liderar um projeto majoritário, desde que convocado pelas forças de oposição.

“Quero conclamar os companheiros para que possamos, juntos, construir essa linha de resistência. Eu quero ajudar a construir um projeto vitorioso em Pernambuco”, sublinhou o senador petebista.

Armando destacou que é preciso reunir as lideranças em torno de um projeto que permita Pernambuco consolidar suas conquistas, construir um futuro melhor para os pernambucanos, que faça o Estado voltar a crescer e resgate a liderança nacional que sempre ocupou no passado.

“Precisamos de todas as lideranças que já estavam no campo oposicionista e há forças que saíram da base governista e vieram ao nosso encontro. Se essas forças se deslocaram para o nosso campo temos que acolhê-las, sem preconceitos”, avisou o petebista, lembrando que à oposição estadual se juntaram forças como o DEM e o PSDB.

Armando Monteiro afirmou que o PT tem legitimidade para lançar candidatura própria ao governo do Estado, mas estranha uma eventual aliança do partido com PSB. “Entendo que o PT possa lançar candidatura. Se não nos juntarmos no 1º turno, nos reuniremos no 2º turno. O que não entendemos é que o PT, por qualquer injunção, se alinhe com aqueles que destituíram o governo legítimo da presidente Dilma”, cravou. “Por isso, torço, dialogo e tenho o maior respeito pelas lideranças do PT de Pernambuco. Desejo que elas continuem postadas na oposição, ainda que se expresse numa candidatura própria”.

Questionado sobre projetos destinados ao município de Surubim, caso chegue ao governo do Estado, o senador Armando Monteiro afirmou conhecer a realidade econômica regional. Citando o Pólo de Confecções ao qual Surubim se insere e a agropecuária, disse que fortalecerá essas bases produtivas, estimulando suas vocações econômicas. Direcionará apoios às micro e pequenas empresas tanto quanto aos produtores agropecuários. Fez referência à segurança hídrica como fator primordial de desenvolvimento da região.

Acompanharam a reunião em Surubim os deputados federais Ricardo Teobaldo (Podemos), Silvio Costa (Avante) e Zeca Cavalcanti (PTB); os estaduais Silvio Costa Filho (PRB) e Julio Cavalcanti (PTB); além de outras lideranças políticas da região como o ex-prefeito de Surubim Túlio Vieira (sem partido), o vereador Geraldo Lira, que sinaliza assim seu distanciamento das bases do governo municipal e a ex-prefeita de Casinhas Rosineide Barbosa (PP).

Da Redação, com informações da Assessoria de Imprensa do Senador Armando Monteiro

Relacionado

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *